O serviço de remoção conforme a portaria nº. 2.048 da Anvisa é caracterizado da seguinte forma:

TIPO B: AMBULÂNCIA DE SUPORTE BÁSICO – Veículo destinado ao transporte inter-hospitalar de pacientes com risco de vida conhecido. O serviço de remoção conforme a portaria nº. 2.048 da Anvisa é caracterizado da seguinte forma:

– Veículo destinado ao atendimento e transporte inter-hospitalar de pacientes de alto risco que necessite de cuidados médicos intensivos.

Nela o paciente é acompanhado de Enfermeiro (a) e Condutor Socorrista. 

TIPO D: AMBULÂNCIA DE SUPORTE AVANÇADO (UTI)

– Veículo destinado ao atendimento e transporte inter-hospitalar de paciente de alto risco que necessite de cuidados médicos intensivos. O paciente é acompanhado por Médico (a), Enfermeiro (a) e Condutor socorrista.

UTI NEONATAL

Em qualquer modalidade em que esteja o paciente no serviço de atenção domiciliar, nossa frota de ambulâncias nos permite atender os mais variados públicos, inclusive, recém-nascidos (RNs), para os quais é fundamental o transporte com

incubadora, característica do nosso suporte avançado.